Nosso trabalho continua!

postado em: Avisos, Notícias | 0

#mbracnasuaca

Em cumprimento às orientações dos órgãos competentes, a fim de zelar pela saúde pública e contribuir para o combate ao novo coronavírus, o Museu Bispo do Rosario Arte Contemporânea paralisou suas atividades presenciais no dia 16 de março de 2020 e permanecerá fechado à visitação por tempo indefinido.

Todavia, sendo o mBrac simultaneamente um equipamento de saúde e de cultura, a equipe do museu permanece empenhada na elaboração e realização de ações comprometidas com a promoção da saúde – especialmente a saúde mental – através da arte, da educação e da informação de qualidade. Muitas dessas ações serão compartilhadas através das nossas redes sociais e, com isso, nosso museu chegará na sua casa. #mbracnasuacasa

Semanalmente, compartilhamos as Atividades Caseiras, criadas pela nossa curadora pedagógica e equipe de educação do museu. As atividades são inspiradas principalmente  na obra de Arthur Bispo do Rosario e pensadas como dispositivos clínico-poético-pedagógicos, que podem ser experimentados por todas as pessoas, com o objetivo de possibilitar momentos de criação, educação, introspecção, afeto e cuidado diante dessa experiência tão complexa imposta pelo isolamento social. 

Você encontrará em nossas redes sociais informações, imagens, vídeos e histórias sobre Arthur Bispo do Rosario, os artistas do Atelier Gaia, do programa de residências artísticas Casa B e demais participantes das atividades e oficinas do mBrac. 

Compartilharemos, ainda, informações e ações relacionadas ao cuidado de nossa saúde mental no contexto da pandemia, bem como iniciativas e projetos de outras instituições e grupos que consideramos relevantes para atravessarmos essa situação juntos. 

Por fim, a equipe responsável pelo acervo está trabalhando permanentemente na migração de dados catalogados para uma nova base digital, que possibilitará o acesso público a este importante patrimônio artístico que o Museu Bispo do Rosario Arte Contemporânea tem a bela missão de guardar.

Vai passar!