Exibindo: 1 - 2 de 2 RESULTADOS

Projeto Interfaces

No mês da Luta Antimanicomial, incluímos em nossa programação online o projeto INTERFACES – uma proposição da artista Jéssica Barbosa, como parte ​do seu processo ​no programa de residência artística Casa B, do Museu Bispo do Rosario Arte Contemporânea​. A residência, que também conta com a participação do artista Pedro Sá de Moraes, teve início em 2018 para o desenvolvimento do projeto “Em Busca de Judite” e está agora em uma nova fase, sendo realizado à distância.

Interfaces propõe uma série de encontros com convidades de diversas áreas para conversar sobre as relações entre arte, saúde mental e sociedade

A convidada de ontem (27/05) foi mãe Celina de Xangô, quem conversou com Jessica Barbosa sobre religiosidade, saúde mental e racismo no Brasil.

Na semana que vem, a conversa será com Diana Kolker, curadora-pedagógica do Museu Bispo do Rosario. O encontro ocorrerá na quarta-feira (03/06), às 21h21, ao vivo, no perfil do museu no Instagram (@museubispodorosario).

Grande Baile do Bloco Império Colonial

No último dia 12 de fevereiro aconteceu o Grande Baile do Bloco Império Colonial, na sede da Colônia Juliano Moreira. O evento contou com a presença de moradores da Colônia, funcionários e usuários dos serviços de saúde mental da região .

Participaram do nosso grande baile cerca de cem pessoas. Colaboraram ainda para esta festa uma parte da bateria do bloco Loucura Suburbana! Com muito brilho, fantasias maravilhosas e sambas originais, o bloco foi só alegria.

Também tivemos uma grande surpresa! Durante o bloco, nosso foliões foram surpreendidos com a presença de uma alegoria de Bispo do Rosario com cerca de 2 metros de altura. O bonecão, um trabalho calculado para ser realizado em dois meses, foi feito em apenas duas semanas. A produção do boneco envolveu todas as atividades do nosso Polo Experimental e contou com a ajuda de todos os oficineiros e participantes que fazem esse projeto lindo acontecer.

O Bloco Império Colonial é um projeto do nosso Polo Experimental de Convivência, Educação e Cultura. Em funcionamento desde 2011, esse projeto vem se solidificando como um espaço de cultura e educação, símbolo da luta antimanicomial e cuidado em saúde mental. Os ensaios acontecem semanalmente, às quintas-feiras, e começam quase um ano antes do carnaval!

Veja as fotos abaixo!

Follow Me!